Almojanda à conquista de novos territórios

Publicado em 12-12-2013

 

Objectivos:

- Aumentar a quota de mercado actual;

- Conquistar novos segmentos de mercados nacionais e internacionais;

 

Descrição das acções/componentes:

Durante o ano de 2009 e 2010, a empresa Diterra – Comércio Agro-Industrial, Lda. definiu uma série de acções promocionais, com vista a alcançar novos mercados e ganhar notoriedade:

- Criação de uma loja on-line e de um catálogo electrónico (mediante o recurso a uma designer gráfica);

- Participação em Feiras Internacionais (Salão Internacional do Club Gourmet Madrid e Alimentaria Barcelona 2010);

- Definição de um plano estratégico, operacional e de valorização comercial (subcontratação de especialistas em mercados alimentares);

- Lançamento de novas marcas 1, desde a criação de uma imagem corporativa até ao registo nacional e internacional das mesmas.

- Contratação de um técnico especializado, na área da gestão financeira, com o intuito de desenvolver novos métodos de organização do trabalho e coordenar os vários projectos que a empresa pretende desenvolver.

 

Tipologia do Projecto:

Infra-estrutura                                 Animação 

Equipamento (construção)                Promoção / Marketing        X

Equipamento (técnico)                     Soluções de gestão            X

Conteúdos / Software                      Estudos e Formação          X

Outra

 

Resultado a atingir:

- Consolidar o investimento realizado na unidade de embalamento de Azeite;

- Alavancar a expansão da actividade comercial, permitindo alcançar um volume de negócios, em 2012, de cerca de 350.000€;

- Conquistar novos parceiros comerciais nacionais e internacionais;

- Ganhar notoriedade da marca;

 

Entidades intervenientes e respectivo papel:

Promotor: Diterra – Comércio Agro-Industrial, Lda.

Entidades Executoras/Parceiros do Projecto: As sócias-gerentes a título particular (Maria Teresa Mendes e Rosália Mendes)

Destinatários-alvo: Clientes: estabelecimentos comerciais, lojas gourmet

 

Horizonte do Projecto:

a) Início:  2009                        b) Fim: 2010

 

Investimento total previsto:  64.000 Euros (sem IVA)

 

Principais componentes de despesa:

Marketing e Publicidade: 64.000 (Euros)

 

Fontes de Financiamento:

Auto-financiamento:    10.000 (Euros) – Comparticipação privada

Financiamento:           29.670 (Euros) – Comparticipação comunitária

Empréstimo bancário: 24.330 (Euros)

 

Fases de desenvolvimento do projecto  e tempos de execução:

Em 2009, realização de 60% do investimento estimado: contratação de um técnico especializado, inicio do processo de registo de marcas comunitárias e internacionais, formação profissional da responsável comercial;

Em 2010: conclusão do processo de registo de marcas e participação em feiras internacionais;

 

Outros projectos, acções ou investimentos relacionados:

(a) Projectos em curso ou em fase de lançamento

Projecto relacionado com o recente investimento que está a ser realizado na Herdade de Almojanda com o intuito de licenciar uma unidade de embalamento de Azeite, e que surge com a finalidade de garantir o escoamento do produtos final.

(b) Outros projectos perspectivados

A adaptação de antigas instalações agrícolas, em unidades de Turismo no Espaço Rural (casas de campo), na Herdade de Almojanda, associada á possibilidade de realização de Provas de Azeite, constituirão um motor de alavanca comercial e de divulgação do Azeite ALMOJANDA.

 

Sustentabilidade futura do projecto:

A estrutura de investimento delineada pela entidade promotora permitirá aumentar significativamente a produtividade e rentabilidade da empresa, estimando-se, alcançar no ano de 2012, um volume de negócios de cerca de 350.000€.2 Em temos de custos de exploração o incremento é pouco significativo, destacando-se as despesas resultantes do aumento do quadro de pessoal.

 

Experiência de trabalhos anteriores na área de actuação prevista:

As promotoras, Mª Teresa e Rosália Mendes, cresceram e viveram em contacto permanente com o mundo oleícola. Tradição familiar que as jovens empresárias decidiram seguir motivada pela paixão pelo este "ouro verde".

Pese embora a formação académica das socia-gerente estar relacionada com as letras e artes, foi no sector dos Azeites, que ambas decidiram prosseguir uma carreira profissional.

A preocupação em fornecer sempre um produto de qualidade ao consumidor final leva a responsável de compras, Maria Teresa Mendes, a apostar em formações constantes: iniciação e aperfeiçoamento a provas de azeite, higiene e segurança alimentar, rastreabilidade de produtos alimentares, etc.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 




 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eventos

Sáb. Mar. 10, 2018 @08:15
Caminhada da Primavera

Destaque