Rota dos Sabores

Publicado em 06-12-2013

Objectivos:

A Rota dos Sabores é um Projecto implementado desde 2006, em 23 concelhos da Região Alentejo e com particular incidência no Norte Alentejano.
Esta Rota resultou de uma Parceria formalmente constituída entre a ADRAL - Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, APAFNA - Agrupamento de Produtores Agrícolas e Florestais do Norte Alentejano, S.A., a NATUR-AL-CARNES - Agrupamento Produtores Pecuários Norte Alentejo SA e a Câmara Municipal de Portalegre, apresentando como principal objectivo a implementação de uma rota de valorização dos produtos de qualidade com nome protegido, criando uma alternativa de promoção destes produtos com um carácter inovador em relação á promoção a que se recorre usualmente em Portugal. A este conjunto de promotores juntaram-se, no período de implementação do projecto, os restantes Municípios da área de intervenção-piloto da Rota dos Sabores, assim como todos os Agrupamentos de Produtores dos produtos tradicionais com nome protegido envolvidos neste itinerário de cariz turístico.
Esta nova forma de promoção e dinamização dos produtos tradicionais com nome protegido consiste na união de um conjunto de sinergias envolvendo os actores locais (produtores, agrupamentos de produtores, autarquias locais, postos de turismo, etc.) com o intuito de promover um circuito turístico que leve o visitante ao local onde poderá obter toda a informação sobre um determinado produto, nomeadamente os locais onde o poderá adquirir, chegando inclusivamente a poder visitar, em grupos organizados, determinada unidade de produção, para que assim se possa sentir envolvido na verdadeira realidade do que é um produto tradicional com nome protegido e todo o "saber fazer" que o mesmo encerra.
Os produtos tradicionais de qualidade do Alentejo são indiscutivelmente umas das grandes potencialidades da região, constituindo-se enquanto elemento de valorização do território. A sua promoção constitui um dos factores de dinamização económica e social dos territórios, uma vez que gera um incremento dos postos de trabalho e contribui simultaneamente para a promoção global da região através dos produtos de qualidade.
Os produtos tradicionais com nome protegido englobam um leque de várias dezenas de produtos portugueses, aos quais aparecem associadas as Denominações de Origem Protegida (DOP), Indicações Geográficas Protegidas (IGP) e Especialidades Tradicionais Garantidas (ETG), Agricultura Biológica (AB), Protecção Integrada (PI) e outras formas de qualificação aceites.

A Rota dos Sabores dispõe já de um largo número de Produtores aderentes, existindo para a sua divulgação o site http://www.rotadossabores.com/, Quiosques Multimédia colocados em Postos de Turismo e a sinalética colocada nas principais vias rodoviárias de acesso ao território de intervenção.
O Projecto que agora se propõe relaciona-se sobretudo com a Dinamização e Alargamento e Diversificação das Actividades proporcionadas pela Rota, a fim de atingir os seguintes objectivos específicos:

- Alargamento da Parceria da Rota dos Sabores;
- Contribuir para a melhoria do conjunto de oferta turística e cultural dos concelhos e da região;
- Criar mecanismos de sensibilização, informação e promoção conducentes ao aumento do número de visitantes aos produtores aderentes,
- Criação de mecanismos de sensibilização e informação de forma a aumentar o grau de conhecimento dos visitantes acerca dos produtos tradicionais de qualidade da região;
- Promover os produtos tradicionais com nome protegido ou provenientes de modos de produção aceites na Região e fora dela;
- Proporcionar serviços de aconselhamento e formação aos empresários das empresas envolvidas tornando-as mais competitivas e inovadoras,
- Qualificar as unidades produtivas de forma a garantir as necessárias condições à recepção de visitantes, nomeadamente no que respeita aos espaços físicos e materiais para a realização das provas;
- Promover/impulsionar a comercialização dos produtos tradicionais de qualidade através da criação de redes de distribuição e comercialização.

 

Descrição das acções/componentes:

Acção 1 – Acções de Promoção da Rota dos Sabores

Acção 1.1 - Criação do Mapa e Folhetos da Rota dos Sabores

Esta acção contempla a criação de um mapa com a indicação dos Municípios e produtores aderentes e informação detalhada sobre: produtos/produtores e a sua integração nos concelhos de origem (informação de relevância turística em cada concelho).
Elaboração de folhetos da Rota por Município, onde sejam referidos os produtos tradicionais de nome protegido e os Produtores e suas especificidades.
Estes materiais deverão ser disponibilizados junto dos operadores turísticos e ser reflectidos no Site “Rota dos Sabores”.

Acção 1.2- Criação de um vídeo promocional “Pela Rota dos Sabores”

Esta acção consiste essencialmente na criação de um vídeo promocional dos produtos, produtores e Municípios aderentes, com especial relevo para os aspectos diferenciadores da oferta proporcionada pela Rota, as especificidades das unidades e modos de produção e as características dos produtos tradicionais de nome protegido.
Trata-se de um Vídeo promocional a ser disponibilizado junto de Agências de Viagens, Postos de Turismo e outros agentes de divulgação do território.

Acção 2 – Acções de Dinamização da Rota dos Sabores

Acção 2.1 - Criação e promoção dos “Sabores de Honra”

Esta actividade visa essencialmente promover e incentivar a comercialização dos produtos tradicionais de nome protegido, utilizando os eventos realizados em cada Concelho como motor da sua divulgação. Pretende-se a sensibilização dos potenciais promotores (Municipio, Entidades da Administração Pública, Associações, Fundações, Estabelecimentos de Ensino Superior, …), para a utilização dos produtos tradicionais de qualidade integrados nos coffee- breaks para seminários ou outro tipo de eventos que habitualmente promovem.

Acção 2.2 - Criação das Lojas dos Sabores

Pretende-se criar nos Postos de Turismo, Turismos Rurais e Espaços Comerciais integrados em Estabelecimentos Hoteleiros e mesmo Restaurantes, pequenos postos de venda dos produtos aderentes da Rota. Estes espaços poderão permitir ou não a degustação dos produtos em função dos espaços em que estejam integrados.

Acção 2.3 - Criação do Menu “Rota dos Sabores”

Pretende-se a introdução nos Menus dos Restaurantes que venham a aderir à Rota dos Sabores de um Menu cujos ingredientes base sejam fornecidos pelos produtores aderentes, possibilitando deste modo a vivência dos visitantes dos produtos tradicionais de nome protegido.
Esta Acção deverá ser interligada com a anterior assegurando-se simultaneamente que cada Restaurante aderente disponha de informação e material promocional da Rota que permita aos visitantes prolongar a estadia na Região complementando a refeição com visitas aos produtores. 

Acção 2.4 - Criação de pacotes turísticos integrados para visitantes

Pretende-se com esta acção a inclusão na Rota dos Sabores de estabelecimentos hoteleiros e de promoção turística que permitam realizar a articulação entre as diferentes ofertas turísticas da Rota de forma a proporcionar ao visitante a compra de “pacotes “integrados que deverão incluir além da estadia e das actividades habitualmente oferecidas por cada estabelecimento, visita a produtores e degustações de produtos tradicionais.

Estes pacotes poderão ser incluídos noutros mais vastos que estejam já criados para grupos de empresa, Seminários e Colóquios, etc. …
Pretende-se por fim o estabelecimento de acordos de cooperação com as empresas de animação turística a operar na região de modo a serem desenvolvidos circuitos turísticos que incluam o itinerário da rota dos sabores.

Acção 2.5 - Criação da Caderneta da Rota dos Sabores

Concepção de uma “Caderneta dos Sabores” a disponibilizar nos estabelecimentos turísticos onde haveria a possibilidade do visitante acumular pontos em função do número de visitas e compras realizadas junto dos diferentes agentes da Rota que lhe permitiriam auferir de condições especiais em visitas posteriores ou mesmo ganhar prémios.

Acção 3 - Criação de serviços de consultoria/apoio à gestão e formação às empresas da rota

Pretende-se a criação de serviços de apoio às empresas em áreas diversificadas como o apoio à gestão, marketing, comercialização e internacionalização, por forma a aumentar a sua competitividade e índices de inovação, qualificando-as simultaneamente em termos das suas infra-estruturas físicas e de recursos humanos para uma efectiva participação na Rota dos Sabores.
Trata-se de desenvolver acções concertadas e articuladas de consultoria e formação que actuem de forma inovadora e com forte efeito multiplicador, simultaneamente sobre os processos de gestão das pequenas empresas e o reforço das competências dos seus empresários/dirigentes, quadros e trabalhadores.
Por um lado, pretende-se valorizar as competências das empresas tornando-as mais competitivas e preparadas para enfrentar as dificuldades do mercado global, por outro a vantagem de estabelecer parcerias, de trabalhar em cooperação.

São objectivos específicos da Acção:
a) A melhoria dos processos de gestão das micro, pequenas e médias empresas e o reforço das competências dos seus dirigentes, quadros e trabalhadores, com prioridade acrescida para a formação dirigida aos que não tenham uma qualificação de nível secundário, podendo as competências adquiridas no âmbito da formação-acção ser objecto de processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC);

b) A promoção da formação orientada para o apoio ao desenvolvimento organizacional, para a adopção de modelos de organização da formação favoráveis ao envolvimento na formação dos activos empregados nas micro, pequenas e médias empresas com baixas qualificações e para processos que conduzam à redução das disparidades entre homens e mulheres em meio laboral, em particular através da sua articulação com os Centros de Novas Oportunidades (CNO);

c) A promoção do desenvolvimento das micro, pequenas e médias empresas, através do desenvolvimento de acções que promovam a optimização de metodologias e processos de modernização e inovação ao nível da gestão, podendo envolver as várias áreas funcionais da organização, nomeadamente a produção, o marketing e os recursos humanos.

d) Realização de consultoria especializada a nível da identificação de necessidades relacionadas com a criação de condições para potenciar o incremento do número de visitas às instalações dos produtores da Rota dos Sabores (remodelação/adaptação/melhoria de espaços físicos). Esta consultoria funcionará como factor impulsionador da apresentação de intenções de investimento quer aos Sistemas de Incentivos do QREN quer a nível do PRODER por parte das empresas envolvidas no processo.

Perspectivam-se actividades que deverão incluir, entre outras que se venham a revelar pertinentes: Acções de Formação/Acção em domínios estratégicos para a dinamização da Rota, Realização de Recursos Didácticos de suporte a esta formação (CD’s de apoio para formação à distância e/ou de suporte à formação presencial), Consultoria em áreas estratégicas para a qualificação das empresas, apoio à elaboração de candidaturas QREN, presenças em feiras, colóquios/seminários nas áreas agro-alimentar e turística.

A Qualificação das Unidades Produtivas pertencentes ou que venham a aderir à Rota dos Sabores pressupõe neste sentido uma intervenção personalizada em que se prevê, para cada uma das empresas:
- Realização de Diagnóstico e Plano de Acção – detecção de pontos críticos e necessidades de intervenção

- Execução do Plano de Acção – deverá incluir Acções de Formação que respondam às necessidades levantadas, consultoria nos domínios chave de intervenção, realização das melhorias em equipamentos ou outras que venham a ser detectadas em diagnóstico.

 

Tipologia do Projecto:

Infra-estrutura            Animação X

Equipamento (construção)     Promoção / Marketing X

 

Equipamento (técnico)        Soluções de gestão X

Conteúdos / Software         Estudos e Formação X

 

Resultado a atingir:

Alargamento da Parceria da Rota dos Sabores;

Qualificação das Empresas aderentes;

Aumento da competitividade e Inovação da base económica regional;

Valorização dos produtos tradicionais de nome protegido;

Aumento do número de visitantes na região.

 

Entidades intervenientes e respectivo papel:                                                                                      

Promotor: ADRAL -  Agência de Desenvolvimento Regional do Alentejo, S.A                     

Entidades Executoras/Parceiros do Projecto: Municípios, Produtores de produtos tradicionais de nome protegido, Operadores Turísticos a operar na Região, Estabelecimentos Hoteleiros e da Restauração, Entidades de Promoção Turística, Qualifica    

Destinatários-alvo: Produtores (DOP, IGP, ETG…)
Operadores Turísticos
Municípios e Postos de Turismo

 

Investimento total previsto: 607.986,87 (Euros)

188.886,87 Euros (PRODER)
419.100,00 Euros (POPH)

 

Outros projectos, acções ou investimentos relacionados:

(a) Projectos em curso ou em fase de lançamento

Rota dos Sabores – projecto implementado em execução.

Como se disse anteriormente o Projecto Rota dos Sabores está já implementado nos concelhos do Norte Alentejano. Esta Rota agrupa actualmente cerca de 30 Produtores, grande parte localizados neste território, sendo que estas empresas sofreram já na sua grande maioria processos de qualificação dos espaços de Visita. Em termos da divulgação da Rota foi implementado um Site - www.rotadossabores.com, e disponibilizados 2 Quiosques Multimédia para divulgação em Feiras e Postos de Turismo aderentes e sinalética disponível nas principais vias de comunicação de acesso. Trata-se de nesta fase, dar novo impulso a este Projecto, promovendo o alargamento da Rede e das actividades constantes do seu Plano de Acção. As infra estruturas e equipamentos já adquiridos, a experiência de trabalho em parceria e as Acções de Qualificação das Empresas e de Formação dos seus Recursos Humanos já realizados constituem a principal mais-valia do Projecto relativamente ao que agora se propõe, constituindo-se como bases para o estabelecimento de sinergias entre os diversos intervenientes.

(b) Outros projectos perspectivados

O Manuel vai à Escola

Trata-se de um Projecto ainda em fase de Candidatura, que enquadra um conjunto de Acções de sensibilização e educação que visam criar nos alunos dos 1º, 2º e 3º Ciclos do Ensino Básico hábitos de consumo por um lado, condicentes com a aproximação à denominada Dieta Mediterrânica, e por outro caracterizados por uma postura de sustentabilidade ambiental.
Este conjunto integrado de Acções encontra como destinatários indirectos os pais e restantes familiares destes alunos numa óptica de indução de comportamentos por via do efeito demonstração.

Pretende-se ainda por esta via estimular a valorização das produções locais – sobretudo as agro-alimentares, do modo de produção biológico e de produtos regionais qualificados (DOP, IGP, ETG, e Produção Integrada). Estas acções de sensibilização deverão finalmente permitir a promoção de hábitos de consumo e comportamentos ambientalmente correctos, de redução da pegada de carbono, promovendo a eficiência energética e a utilização racional dos recursos naturais.

Considera-se que se trata de um Projecto que actua montante do Projecto aqui proposto mantendo com este inevitáveis sinergias. Será inevitavelmente sensibilizando para as vantagens de hábitos de consumo condicentes com as produções locais de qualidade e de modo de produção biológico que se estimula a base produtiva deste subsector.

Espera-se por outro lado, que o efeito demonstração realizado nos pais e familiares das crianças abrangidas alargue o leque de visitantes da Rota.

 

Sustentabilidade futura do projecto:

Com excepção da Acção 3, todas as restantes acções pressupõem a existência de trocas comerciais que se pretende venham a ser geradoras de rendimento suficiente à sua manutenção.
A Rota dos Sabores surge sobretudo no intuito de qualificar e dinamizar a base económica regional por via do incremento e diversificação da oferta turística e da produção de produtos tradicionais de nome protegido, gerando rendimento no território e concorrendo para a atracção de investimento e pessoas.
Neste sentido, as Acções propostas deverão ser capazes de, após a sua implementação, gerar rendimento de suporte às Acções de promoção e divulgação que lhe são inerentes.
Relativamente aos serviços de consultoria e apoio à qualificação empresarial, deve considerar- se a possibilidade de estes virem a ser integrados nos serviços habitualmente prestados pelos Municípios no âmbito dos GADE – Gabinetes de Apoio ao Desenvolvimento Económico, ou mesmo pela ADRAL que tem já constituído o CADEA – Centro de Apoio à Dinâmica Empresarial do Alentejo, com experiência relevante a nível do apoio e consultoria às empresas regionais.
Na realidade, a intervenção especializada e dirigida justifica-se numa fase inicial de qualificação das empresas aderentes, sendo que esta primeira intervenção deverá qualificar as referidas empresas de forma a que os processos de consultoria de que venham a necessitar se incluam nas necessidades naturais de qualquer empresa, sendo por isso passíveis de vir a ser solucionadas pelos instrumentos e entidades existentes.

 

Experiência de trabalhos anteriores na área de actuação prevista:

O projecto Rota dos Sabores encontra-se já implementado, desde Junho de 2007, em 23 concelhos no Alto Alentejo e do Alentejo Central (ver área de intervenção). Os promotores deste projecto criaram e implementaram um conjunto de infra-estruturas que deram origem a um itinerário turístico de promoção dos produtos tradicionais com nome protegido inovador e que envolve um leque diversificado de entidades e empresas da área de intervenção. Este projecto constitui-se portanto enquanto produto turístico inovador na Região, o que justifica a proposta de continuidade e o desenvolvimento de acções integradas de promoção, divulgação e diversificação deste produto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                                              

                                  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eventos

Sáb. Mar. 10, 2018 @08:15
Caminhada da Primavera

Destaque